quinta-feira, 29 de setembro de 2016

A Transformação de Raven Resenha

A Transformação de Raven é um livro que consiste na história de uma garota com uma deficiência em sua perna que ao tentar salvar seu amigo morador de rua, ela acaba sendo violentada por vários homens que a ofendiam por conta de suas pernas. Logo após, um homem misterioso a salva e a leva para casa. Ela acorda e percebe que está completamente diferente, e que roubaram a Galeria Uffizi(seu local de trabalho), Raven descobre que haviam roubado uma das obras e ela se torna a maior suspeita. Após um longo dia de trabalho, Raven vai para casa e encontra a provável pessoa que a teria salvado. Depois de muito suspense, ela descobre quem foi o seu verdadeiro herói e quais eram as suas verdadeiras intenções.
"Por amor ela vai desafiar todas as regras do mundo e do submundo."
A Transformação de Raven é o livro 1 da série Noites em Florença.

*****

O livro é repleto de cenas que deixam os leitores de queixo caído. Amei o livro logo de cara. O nosso querido Sylvain fez um belo trabalho. Ele fugiu do padrão de beleza de hoje em dia. Ele nos mostrou que apesar das aparências, as pessoas podem ser bem melhores do que pensam. De cara, percebemos a personalidade de Raven. Uma garota corajosa que da muito valor a amizade, que não aceita injustiças e que é apaixonada pelo que faz. Embora eu tenha amado a personagem, houveram momentos que me fizeram revirar os olhos. O William é um vampiro, gosta de se aventurar e não ficar assistindo filme e comendo pipoca porque a mocinha (Raven) quer. Em alguns momentos, eu fiquei com vontade de dar socos em sua bela face por motivos que eu não citarei, pois seria spoiler e eu sei como é ruim quando as pessoas nos dizem o que irá acontecer, então eu irei poupá-los.

Foi o primeiro livro do autor Sylvain Reynard que eu li, e sem dúvidas o melhor. O livro é escrito em 3 pessoa, o que nos leva a conhecer melhor os pensamentos de diferentes personagens. Uma coisa que me irritou, foi o uso abusado de parenteses. Alguns eram desnecessários e chatos.

Sou apaixonada pela capa do livro. Ela é escura e traz um ar de mistério, despertando a curiosidade do leitor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário